Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Salvador’

Fomos à Bahia para homenagear nossa mãe, que era bahiana, nascida no Morro do Chapéu, amamos a cidade de Salvador, apesar de seus problemas, tem um povo cordial, educado e simpático, fomos à Igreja do Nosso Senhor do Bonfim, que foi um momento mágico em nossas vidas, minha e da minha irmã.

Conhecemos a Ilha de Itaparica, que é uma coisa linda, o Pelô, Farol da Barra.

Voltamos com gostinho de quero mais, muito mais, e com certeza voltaremos muitas vezes.

Léia

Anúncios

Read Full Post »

Noivos-fotografados-no-PeloAlém de ser o destino preferido dos brasileiros, a Bahia também encanta os estrangeiros que visitam o estado. Prova disso foi o ensaio fotográfico realizado no Centro Histórico de Salvador, bem ao estilo Trash The Dress, em que os noivos se vestem depois da festa para fazer as fotos, sem preocupação.

O Pelourinho, um dos principais cartões-postais da cidade, foi escolhido pelo casal Maria Carolina e Tysen Bodewig para o álbum de casamento, clicado pelo fotógrafo catarinense Jared Windmuller. O ensaio dará origem também a um vídeo-documentário sobre o mesmo tema, rodado pelo vídeo-jornalista Lucimar Teixeira, também catarinense.

Baiana de Salvador, Maria Carolina, 29 anos, diz que escolheu o Pelô porque não existem registros de fotos de casamento no local. “Além disso, sou baiana, amo a Bahia”.

Há um ano em Las Vegas, ela e o noivo, o americano Tysen Bodewig, vieram à Bahia para o casamento, que aconteceu em Vilas do Atlântico no domingo (1º). “Não é a primeira vez que ele vem ao estado. Ele ama a Bahia e já morou aqui por um tempo. Eles se conheceram num navio”, diz a produtora da cerimônia, Fernanda Câmara.

Há seis anos trabalhando profissionalmente com fotografia, Jared Windmuller segue a tendência do Trash The Dress no Brasil, que já existe com grande força na Europa e nos Estados Unidos. A também fotógrafa Cláudia Kon participa do trabalho e afirma que os profissionais participaram da escolha do local das fotos. Jared confirma. “O Pelourinho é conhecido internacionalmente pelo mundo afora. Falou em Bahia, tem que falar no Pelourinho, no acarajé”, finaliza o profissional, que já teve outras passagens pelo Estado.

Read Full Post »

Minha história de amor por essa terra linda nasceu no dia 20/03/1983, quando eu nasci, rsrs!!  Olha que maravilha, eu nasci no coração do Brasil! Hoje, distante da terrinha, morando no Rio de Janeiro, a saudade é grande demais: Farol da Barra, Praça de Itapuã e Praia da Boca do Rio, onde eu passava todas as minhas férias me lambuzando de picolé capelinha. Oh! Delícia, tempos bons que a qualquer momento podem voltar e assim espero, com fé no Pai Celestial.

Vanessa

Read Full Post »

Declaro, minha paixão pela Bahia, particularmente Salvador. Sou soteropolitana de coração e alma. Viajo para Salvador a cerca de 30 anos. Acompanhei várias fases desta cidade inesquecível. Altos e baixos, mas sempre mágica e calorosa. Jamais vi alguém declarar que gostou mais ou menos de Salvador, ou ama de paixão ou não gosta. Chego às lágrimas quando chego e derrubo outras tantas ao ir embora. Pura emoção e saudade antecipada! Sou parte integrante daquela terra onde me sinto inteira. Sou abençoada pois consigo penetrar em algumas instâncias dessa magia. É um processo. Estive recentemente e percebo que a cidade entrou, novamente, numa fase inquietante e só peço que o seu povo não esqueça as suas raízes e a sua glória. Preservem a sua essência. Que Oxalá os abençõe!

Marly Costa

Read Full Post »

Sou de São Paulo, tenho 33 anos, executiva de uma grande empresa. Sempre amei a Bahia e sua cultura! Em outubro de 2007 viajei para Salvador com 3 amigas da empresa. Estávamos na praia do Jardim de Alá, próximo ao Jardim dos Namorados, local onde meus pais passaram sua lua-de-mel muitos anos atrás, quando conheci um capoerista que estava treinando seus movimentos de capoeira lá também, num lindo final de tarde… Em dois meses estávamos casados e muito felizes! Ele se mudou para São Paulo e agora somos uma família! Realmente a Bahia trouxe muito AXÉ para nossas vidas!

Cintia Carletti, 33 anos, executiva

Read Full Post »

Saudades de Salvador

Diferente de muitas narrativas, eu nasci em Salvador, me criei, casei, tive um filho e hoje estou morando fora. Terra melhor que essa não há! O clima, as praias, comidas, festas, tudo é maravilhoso e me faz sentir imensa saudade da minha cidade. Morar fora é bom, lhe ensina muitas coisas, mas também lhe faz pensar e respeitar suas raizes, seu local de origem. Amo Salvador e digo: MINHA CIDADE É LINDA DEMAIS!!!!

Carla Matheo, 33 anos, artista plástica

Read Full Post »